Setor automobilístico pode crescer até 7,3% em 2017, diz Anfavea

porconsystem

Setor automobilístico pode crescer até 7,3% em 2017, diz Anfavea

Nova estimativa da Associação dos Fabricantes de Veículos mostra que o setor está ganhando fôlego e já supera as previsões iniciais de vendas para o ano

A projeção de vendas domésticas de veículos para 2017 subiu 7,3% depois dos resultados positivos obtidos até agosto. A informação é da Associação dos Fabricantes de Veículos (Anfavea), que acredita que, em 2017, serão comercializados 2,2 milhões de automóveis, utilitários, caminhões e ônibus. A expansão será puxada pelos veículos leves, com elevação de 7,4%, um porcentual duas vezes maior que o previsto anteriormente, para 2,13 milhões de unidades.

Para os modelos comerciais pesados, a entidade cortou quase que pela metade sua estimativa de crescimento: ela reduziu de 6,4% para 3,6%, esperando a venda de 64 mil unidades no ano inteiro. Antes, a estimativa era de 65,6 mil unidades vendidas.

Recuperação do setor

Ântonio Megale, presidente da Anfavea, comenta que os resultados positivos trazem mais otimismo para o setor. A associação registrou que agosto foi o melhor mês de vendas desde dezembro de 2015, com pouco mais de 216 mil unidades vendidas e crescimento de 17,2% ante julho e de 17,8% em relação a agosto de 2016. Com este resultado, os licenciamentos de veículos nos oito primeiros meses de 2017 chegou a 1,42 milhão. Esse volume é 5,3% maior do que o obtido no mesmo intervalo de 2016.

No início do ano, a previsão de vendas era bem mais tímida: a associação previu a comercialização de 2,13 milhões de unidades em 2017. Para efeitos de comparação, foram comercializados 2,05 milhões de unidades em 2016. Com o fluxo de vendas em andamento, os estoques voltaram para níveis considerados “ideais”.

O volume de veículos a espera de compradores nos pátios das montadoras e concessionárias teve um leve crescimento, indo de 217,7 mil unidades em julho para 220,5 mil em agosto.

Agosto é o melhor mês de vendas

Um dos motivos que fez agosto ter um grande volume de vendas foi o fato deste ser o mês com o maior número de dias úteis (23) do ano.

Nos últimos quatro meses do ano, dificilmente será possível alcançar resultados similares: de setembro a dezembro, existem vários feriados prolongados, o que pode prejudicar as vendas.

Porém, Megale comentou que a média diária de vendas também está em crescimento: foram 9.415 veículos comercializados por dia útil em agosto, a maior média do ano, à frente dos 9.284 registrados em junho. “É importante registrar que não tivemos média diária de emplacamentos acima de 9 mil em nenhum mês de 2016; este ano isso já aconteceu duas vezes”, ressalta.

Crescimento nacional e retomada nos financiamento

Segundo dados compilados pela Anfavea, de janeiro a março de 2017, apenas Alagoas, Minas Gerais e Roraima registraram crescimento na média diária acumulada de vendas de veículos naqueles três meses em comparação com o mesmo período do ano anterior. Contudo, de janeiro a agosto, 22 dos 27 estados brasileiros anotaram alta nessa média de oito meses. Somente Bahia, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraná e Rondônia seguiram no vermelho.

Megale aponta que a volta do crescimento nas concessões de crédito pode ser o possível fator para expansão do mercado: cerca de 51% dos veículos vendidos foram financiados. Este volume de financiamento é baixo, mas Megale lembra que a inadimplência está caindo e a baixa da taxa Selic ainda não chegou totalmente nos juros. “A combinação de inadimplência e juros em queda reduz os riscos e deve deixar os bancos mais dispostos a emprestar, o que ajudará a aumentar as vendas”, avalia.

Os novos indicadores mostram que o setor está se fortalecendo e voltando a crescer. A Anfavea estima que o crescimento esperado de 7,3% para o mercado interno este ano ainda é pequeno, mas torna-se expressivo após três anos seguidos de quedas. Para conferir a pesquisa na íntegra, clique aqui.

 

Fonte: Consystem

Sobre o Autor

consystem administrator

Entre em contato ! Estamos prontos para atendê-lo. comercial@consystem.com.br

Deixe uma resposta