Arquivo mensal maio 2018

porconsystem

Incentivos tributários para montadoras que investem em P&D será de 1,5 bi

As empresas tem até 15 anos para se beneficiarem dos créditos tributários que podem ser utilizados para o pagamento de IRPJ e CSLL.

 

O Rota 2030, novo programa de incentivos ao setor automotivo, prevê que os incentivos tributários para montadoras que investirem em P&D sejam de até R$ 1,5 bilhão por ano. Mas para ter acesso ao incentivo, a indústria precisará investir cerca de R$ 5 bilhões ao ano.

O programa dará um prazo de até 15 anos para que as empresas que investirem em pesquisa e desenvolvimento se beneficiem de créditos tributários para o pagamento de IRPJ (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido).

 

Leia mais 

porconsystem

Sem peças, todas as fábricas de veículos param na sexta

Após quatro dias sem suprimentos, por causa da greve dos caminhoneiros, com início nesta segunda, fábricas ficaram sem peças para produzir.

Segundo balanço da Anfavea, na quinta-feira pelo menos 19 fábricas de veículos já tinham paralisado a produção devido à greve das transportadoras e caminhoneiros contra o aumento dos preços do diesel, que afeta todo o País desde a segunda-feira passada.

O setor automotivo, que representa 4% do PIB e 20% da indústria, é extremamente dependente do transporte por caminhões não só para o recebimento de peças para as linhas de montagem mas também para o desembaraço de carros e caminhões prontos para as concessionárias e para a exportação.

 

Leia mais

porconsystem

Tecnologia abre espaço para avanço agronômico

“Graças às novas tecnologias, para ampliar sua produção o agricultor hoje pode conseguir melhores resultados analisando o que está acontecendo 25 centímetros abaixo de onde estão plantadas suas lavouras do que olhando para a propriedade ao lado”. A constatação é de André Pessôa, sócio-diretor da Agroconsult, que vê nessa nova lógica uma mudança estrutural capaz inclusive de frear o ritmo de abertura de novas áreas de cultivo no Brasil e no mundo.

Leia mais 

porconsystem

Montadoras dão desconto de até R$ 12 mil e parcelam carro em até 60 vezes

De olho na queda das taxas de juros dos financiamentos nos últimos meses,   montadoras oferecem facilidades para incentivar a compra do carro.

 

Neste final de semana, duas delas realizam feirões: a GM Chevrolet e a Ford. Outras, como a Toyota, oferecem condições especiais para quem quer financiar a compra de carros da marca.

O feirão da GM será realizado em sua fábrica em São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo. No evento, a montadora terá financiamentos sem entrada que poderão ser pagos em até 60 meses. O feirão da Ford será realizado neste sábado e domingo em toda a rede de distribuidores da montadora no país.

No evento, a montadora irá retomar o financiamento em até 60 meses e oferecer descontos nos preços de veículos.

A Toyota oferece taxas menores para financiamento de alguns de seus modelos em todo o país. Na compra do Etios versões XLS e Platinum, a taxa foi reduzida de 0,99% ao mês para 0,79% ao mês.

 

Leia mais 

 

porconsystem

IST de Londrina vai atuar com projetos de automação e inteligência artificial

O Instituto Senai de  TIC foi inaugurado, na última sexta-feira, com a presença do presidente da CNI Robson Braga e Edson Campagnolo (presidente FIEP).

 

Na última sexta-feira (18), autoridades vieram a Londrina para a inauguração da sede do Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação. Entre os presentes estavam o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), Edson Campagnolo, o prefeito de Londrina Marcelo Belinati, e os deputados federais Alex Canziani e Luis Carlos Hauly.

Em seu discurso, o presidente da CNI afirmou que não existe país moderno sem indústria moderna, por isso o Brasil investe 75% dos seus recursos públicos para gerar ciência. Segundo ele, no IST de Londrina, foram investidos ao todo R$ 15 milhões e a previsão é de que sejam investidos mais R$10 milhões. “Uma manufatura mais avançada proporciona uma indústria mais competitiva”, afirmou.

Leia mais

porconsystem

Mercado lança 2,3 carros por dia

Com crescimento de 20% sobre o primeiro quadrimestre de 2017,  setor de carros e comerciais leves vive momento importante no mercado brasileiro.

 

E como consequência, o consumidor recebe uma enorme quantidade de novidades. Foram quase 190 lançamentos de modelos e versões nos quatro primeiros meses do ano, média de 2,3 por dia.

O dinamismo do mercado e a forte concorrência fazem com que as montadoras mudem a cada momento as suas estratégias, retirando determinadas versões menos procuradas e oferecendo novas opções ao consumidor, com mais itens de conforto e segurança para atender o cliente exigente, e, também, mais peladas, com o objetivo de reduzir o preço final e atender aquele comprador com menor poder aquisitivo. Têm ainda as versões especiais, como o Hyundai HB20 Copa do Mundo. A ação do concorrente é outro determinante para as alterações no catálogo de ofertas. O curioso é que, embora a lei permita, nem todas as novidades são modelo 2019. Tem muito modelo 2018 recém-lançado.

 

Leia mais 

porconsystem

Rainha no Brasil vai ao topo

Entidades elevam estimativa da produção de soja na safra 2017/18 e País deve passar EUA em volume no próximo ciclo com exportações em alta.

 

Se o clima pareceu influenciar negativamente a colheita de grãos da primeira safra no Paraná e no Sul do País, o resultado para a soja deve bater recorde na somatória do País, com ao menos 117 milhões de toneladas. As previsões variam a partir desse patamar para mais, entre entidades do setor, o que possibilita que o Brasil ultrapasse os Estados Unidos pela primeira vez, já no ciclo 2018/19, e se torne o maior produtor da leguminosa no mundo. Resultado que deve ser comemorado, principalmente em um momento de rentabilidade alta ao agricultor.

Os principais levantamentos de safra indicam aumento na colheita de soja. Apesar de o ciclo passado contar com melhores condições climáticas, houve crescimento significativo na área plantada, em detrimento do milho. No Paraná, a alta foi de 3% e deve fechar em 5,4 milhões de hectares (ha), de acordo com o último balanço do Deral (Departamento de Economia Rural) da Seab (Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento). ]

 

Leia mais 

porconsystem

Montadoras avaliam produção no país

Montadoras vem trabalhando no desenvolvimento de caminhões elétricos, a maioria para início de produção na Europa e Estados Unidos.

 

No Brasil, a MAN – fabricante de caminhões e ônibus da Volkswagen –, mostrou no ano passado um caminhão leve elétrico, o e Delivery, desenvolvido na fábrica de Resende (RJ). A previsão do grupo é iniciar operação em frotas piloto ainda neste ano. A maioria das empresas aguarda a publicação do programa Rota 2030, prevista para os próximos dias, para decidir políticas locais para elétricos e híbridos.

No caso dos automóveis, é esperada uma redução de 25% para 7% na alíquota do IPI. No primeiro quadrimestre foram vendidos no País 1.260 veículos elétricos e híbridos, 70% a mais ante igual período de 2017.